DUAS coisas que você PRECISA TER para inciar a Introdução Alimentar do seu filho

Quando começa a chegar perto de começar a oferecer "comidinhas e frutinhas" para nosso bebê começamos a pensar que precisamos comprar mil coisas! Em lojas de bebê e na internet não faltam opções... 


As perguntas são várias... Qual cadeirinha comprar, cadeirão, de acoplar na mesa ou de encaixar na cadeira? Qual prato será o melhor, com divisória ou sem? Qual talher, silicone, metal, plástico? Comprar aquelas colherinhas "tortas" para ajudar? Aquelas redinhas para colocar a frutinha dentro?  Qual babador, de manga, sem manga, com bolso, de plástico, tecido, silicone??? 

Gastamos muito nossa energia tentando responder essas perguntas e muitas vezes esquecemos de coisas mais importantes para este momento! 

Acredito que são basicamente DUAS coisas que precisamos TER nesse momento para iniciar a oferecer alimentos além do leite para nosso filho... 

PACIÊNCIA E EMPATIA! 

- Paciência para esperar ele completar 6 meses
- Paciência para esperar ele demonstrar sinais que está pronto para comer 
- Empatia por ele não saber que o "alimento" mata sua fome 
- Paciência quando ele não conseguir pegar o alimento sozinho e deixar cair no chão
- Empatia por ele ainda se sentir desconfortável em ficar sentado em uma cadeirinha sem o calor do seu colo 
- Paciência quando ele dorme no horário que "você planejou" oferecer a refeição 
- Paciência quando aquela "comidinha" feita com todo seu amor e que levou horas para ficar pronta ele não quis nem provar 
- Empatia quando seu bebê fica irritado e chora ao ser colocado naquela cadeira para "comer" e naquele momento o que ele mais queria era um mama ou uma soneca... 
- Paciência para esperar o momento de seu filho "despertar" para o comer e começar a comer com prazer! 
- Paciência naquele dia em que a vontade é de ligar uma televisão ou celular com seu desenho favorito para distraí-lo e fazer ele comer todo o prato! 

Enfim... vamos nos preocupar menos com as coisas materiais, vamos tentar encarar esse momento com mais tranquilidade, mais amor, mais respeito e sim, mais empatia e paciência!

O protagonista é o bebê! Quem está iniciando uma nova caminhada é o bebê! Conhecer novos alimentos, se acostumar com novos sabores, texturas, aromas... tudo muita novidade, tudo muito diferente do que havia o alimento até agora! Vamos devagar, sem pressa! 


Acalme seu coração, fica tranquila e segura, que essa tranquilidade e segurança você passa para seu bebê e encoraja ele a comer! Um comer muito além de somente engolir uma comida!

Sou nutricionista e mãe, e já passei por esses momentos de aflição na Introdução alimentar. E sabe o que mais precisei... Paciência e Empatia!



Comentários

  1. Muito legal! Queria ter lido mais sobre IA antes de começar a fazer a da minha filha que hoje está com 10 meses e não quer comer nada, só mamar...Acho que fiz tudo errado...E agora Fabiola, qual dica vc pode me dar? Será que se eu começar a fazer o BLW agora da certo? Como comecar a fazer o BLW com um bebê de 10 meses que não quer saber de cotidianas e nem frutinhas? Me ajuda por favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai guria, não fique se culpando não... estimule sempre, deixe a cada dia ele ter mais autonomia...

      Excluir

Postar um comentário